O amor de juventude de Getúlio

Em texto para o caderno Ilustríssima, da Folha de S. Paulo, Lira Neto narra como conseguiu identificar e localizar a família da “Dama de Vermelho”, a musa de Getúlio quando estudante de Direito.

Por que Getúlio se matou?

Leia texto especial do jornalista Lira Neto publicado pela revista Aventuras na História, da Editora Abril, na edição de agosto de 2004, quando dos 50 anos da morte de Getúlio Dornelles Vargas.

Nas livrarias

WMcCann assina a campanha de lançamento do volume 3 de “Getúlio”.

História Viva: “Getúlio sob tormenta”

Revista destaca na capa e em matéria de seis páginas o lançamento do segundo volume de “Getúlio”: “Biografia revela, por trás do presidente transformador, um homem tomado pela angústia e que, por mais de uma vez, prenunciava o fim trágico”.

Diário do Nordeste: “As trincheiras do poder”

“Não faltam dramas dignos da grande ficção – como a decisão de Getúlio de se matar em meio a uma crise política, nos anos 1930. A ideia que encerrou sua vida, mostra Lira, era uma companheira antiga do político.”

“Uma lição de História”, define historiador

Sebastião Pimentel Franco, doutor em História pela USP e professor da Universidade Federal do Espírito Santo, em resenha para o jornal capixaba “A Gazeta”, define biografia de Getúlio como “uma obra de erudição”.